A QUINTA DO QUETZAL situa-se no coração do Baixo Alentejo, nas encostas da Vidigueira. Nas imediações situa-se a mais antiga adega vinícola romana da Península Ibérica.

Aqui as uvas crescem em solo fértil onde predomina o xisto. A sua produção limitada, focada na qualidade, permite produzir vinhos que expressam o caráter da região. A moderna Adega preserva as antigas tradições e técnicas de produção vinícola romanas e alentejanas. As uvas são introduzidas na adega, pela pura ação natural da gravidade, e transformadas em vinhos excelentes. As caves localizam-se a grande profundidade debaixo da terra por forma a criar uma temperatura naturalmente fresca em que as uvas podem envelhecer gradualmente.

Visite a Quinta do Quetzal e disfrute de uma experiência única.

O Centro de Arte Quetzal, um espaço de exposição de arte contemporânea, situa-se numa região historicamente rica, longe do buliçoso mundo da arte. O programa procura atrair não só um público especializado, mas também um público curioso mais alargado. É orientado por um desejo de pôr à prova a finalidade da arte fora dos circuitos comerciais tradicionais.

No restaurante, pode desfrutar de uma vista impressionante da propriedade. O jardim em redor do restaurante exibe uma combinação de plantas nativas e as inúmeras e variadas ervas aromáticas e flores que são utilizadas nos pratos.

A loja oferece uma excelente seleção de livros de arte, design, produtos locais e, naturalmente, o vinho.

A família proprietária, Cees e Inge de Bruin, colecionadores e patrocinadores de arte contemporânea, mantêm há mais de 40 anos uma forte ligação a Portugal. O projeto da Quinta do Quetzal expressa a paixão pela cultura, natureza, gastronomia e vinhos portugueses que desejam partilhar. Para os proprietários, a Quinta do Quetzal transporta as memórias e as histórias da produção vitivinícola alentejana para as novas gerações, contadas em cada garrafa de vinho, perpetuando esta tradição milenar.

Entre em Contacto

Se quiser conhecer melhor este projecto, estamos aqui para o receber.